NOVO ENCANTO REALIZA VIVÊNCIAS NA FLORESTA AMAZÔNICA

NOVO ENCANTO REALIZA VIVÊNCIAS NA FLORESTA AMAZÔNICA

O outono no Pará foi tempo de aproximação com a grandeza da Natureza amazônica. Com crianças, jovens e adultos, duas monitorias da Novo Encanto realizaram atividades de interação com a floresta, em Santarém e em Parauapebas.

De 25 e 27 de agosto, foi ministrado o “Curso de Capacitação Continuada – Módulo I – Conhecendo os 9 Vegetal”, modo como chamam espécies de árvores importantes os sócios do Centro Espírita Beneficente União do Vegetal (CEBUDV), entidade que mantém um acordo de cooperação técnica com a Novo Encanto.

O curso foi realizado em uma floresta remanescente, no Sítio Santa Angélica, também chamado Tapera Velha, a cerca de  50 km da cidade de Santarém, no centro-oeste do Pará. Participaram 39 pessoas, entre jovens e adultos, sócios do núcleo Castelo de Marfim (Santarém – PA) da UDV.

“Iniciamos a atividade com uma reunião e, em seguida, fizemos as apresentações das plantas cultivadas na propriedade: Imburana de Cheiro, Mulateiro, João Brandinho e Mariri. Depois entramos na floresta e apresentamos os outros vegetais nativos”, explicou Adenauer Beling, monitor da Novo Encanto no núcleo.

Na caminhada floresta adentro, que durou quase 5 horas, foram apresentadas outras árvores e plantas como Apuí, Massaranduba, Carapanaúba, Breuzinho, Chacrona, Castanheira, Pau d’arco e Samaúma.

No dia seguinte, os participantes, aprenderam sobre as mudas das espécies que conheceram na floresta.

Sul do Pará – No meio do ano, a monitoria da Novo Encanto no núcleo Augusto Cangulê (Parauapebas – PA) da UDV, participou da Semana do Meio Ambiente, de 5 a 10 de junho, realizada pela Prefeitura do Município.

Durante o evento, a monitoria mostrou técnicas de compostagem e de produção de húmus que desenvolve no núcleo. Na sequência, foi convidada para ministrar oficinas desse trabalho em duas escolas piloto do município, pelo Centro de Educadores Ambientais de Parauapebas (CEAP), uma organização que realiza um trabalho de educação ambiental com a sociedade através de excursões à Floresta.

Em 9 de setembro, o CEAP também ofereceu uma excursão à Floresta Nacional do Carajás, uma área de conservação ambiental ao sul do Estado do Pará. Participaram da excursão 42 jovens e adultos, do núcleo Augusto Cangulê, que conheceram a reserva de Floresta Amazônica e de savana, com cavernas, cachoeiras e trilhas naturais.

“Gostei muito da diversidade de espécies da nossa flora em diversificados biomas, que eu mesmo nunca imaginava que teria a possibilidade de ter em nossa região, como a caatinga e o serrado que estão adaptados aos ambientes em que vivem”, disse Lucas Leite, colaborador da Novo Encanto no núcleo.

José do Espírito Santo participou da atividade com a esposa e contou que ainda não conhecia a Serra do Carajás: “Foi uma atividade muito bem organizada, e quero agradecer ao CEAP e à Novo Encanto por essa oportunidade”, disse.

 

Texto: Fábio Bastos, Assessor Regional de Comunicação da 14ª Região

Fotos: Marcus Pira (Expedição Floresta Nacional do Carajás), Maria Aparecida, Adenauer Beling e Ana Paula Souza (Curso Conhecendo os 9 Vegetal)

 

No Comments

Post A Comment