5ª Edição Festival Um Canto de Paz, em favor da Paz e do Meio Ambiente

5ª Edição Festival Um Canto de Paz, em favor da Paz e do Meio Ambiente

Iniciado ontem em Fortaleza e Maranguape, o festival segue até o dia 21 de setembro

 

Mobilizar a sociedade para a celebração e a reflexão sobre a espiritualidade na construção de paz e em defesa da vida é a proposta do Um Canto de Paz que, em sua 5ª edição, acontece entre os dias 12 a 21 de setembro, em Fortaleza e Maranguape, levando ao público diversas atividades como shows, rodas de conversa, trilha ecológica, passeio ciclístico, sarau e outras apresentações artísticas.

O evento é realizado pela Trupe do Riso e pela Associação Um Canto de Paz, em parceria com a Novo Encanto de Desenvolvimento Ecológico, com apoio da Prefeitura de Maranguape, do Theatro José de Alencar, do Parque do Cocó, e organização da Via de Comunicação e Cultura. A programação completa do Um Canto de Paz está disponível na página do evento no Facebook.

Tendo como tema permanente “A Espiritualidade na Construção da Paz e em Defesa da Vida”, em 2018, o subtema, inspirado na Campanha da Fraternidade 2018 é “Fraternidade e Superação da Violência”. Congregando ações que valorizam a pratica do bem, do respeito, do amor ao próximo e à natureza, o evento celebra o espírito da paz e incentiva ações sociais beneficentes e de preservação ambiental.

“A construção da paz passa pela nossa atitude. Enquanto as notícias de intolerância e de injustiças sociais sobrecarregam os noticiários e as redes sociais no planeta, ‘Um Canto de Paz’, vem com a proposta de transmitir um recado de amor fraternal através das religiões, da música, da poesia e do diálogo”, destaca a idealizadora do projeto, artista e produtora cultural, Dênia Carvalho.

“É uma alegria chegarmos à 5ª edição com essa expansão do Um Canto de Paz, realizado também em Maranguape. A ideia é que  o projeto possa crescer ainda mais, alcançando outras cidades e cativando um publico cada vez maior”, ressalta também Dênia Carvalho.

 

A abertura no Theatro José de Alencar

A abertura do Um Canto de Paz 2018 aconteceu nesta quarta-feira, 12 de setembro, no Theatro José de Alencar (TJA), com a Feira da Paz, um espaço para exposição de produtos culturais e serviços de várias ONGs que disseminam a mensagem da paz e da preservação do meio ambiente. Entre os expositores estavam Alba Alves Artesanato,  Aquasis, Aromaterapia e Florais da Lua, Associação Novo Encanto, Bruno Magaiva, Francisco Macêdo, Fran Alimentação Natural, Gaia Vivá Cosméticos, Horticultura do Norte, Museu Natural do Mangue, Projeto Limpa Mar , Sementes do Campo – Cosméticos Naturais e Terapia de Barras Acceess.

Durante a Feira, aconteceram várias apresentações artísticas de Martônio Holanda, Rafael Vieira e Grupo, Luiz Carlos Pedrosa e da Poemoteca do Templo da Poesia.

Para celebrar a cultura da paz, o Show “Um Canto de Paz” reuniu em seu primeiro dia, grandes nomes cearenses da música no palco principal do Theatro José de Alencar. Entre os nomes estavam Kátia Freitas, Lorena Nunes, Manassés, Marcos Lessa, Marcus Caffé, Adelson Viana, Davi Duarte, Dênia Carvalho e Tailândia Montenegro.

 

Mais programação em Fortaleza

A programação do Um Canto de Paz continua com a Trilha Ecológica no dia 15/9, sábado, às 8h, no Parque do Cocó.  Com concentração no Centro de Referência Ambiental do Parque , a atividade envolve um momento de lazer e conhecimento, com exibição de filmes, brincadeiras para as crianças, prática do arvorismo e piquenique, levando a mensagem de paz e de preservação do meio ambiente. A atividade acontece gratuitamente.

Já no dia 19/9, às 19h, no Auditório Murilo Aguiar da Assembleia Legislativa do Estado do Ceará (Av. Des. Moreira, 2807), acontece a  Roda de Conversa, momento de reflexão em que representantes de instituições religiosas trarão sua visão sobre a Paz. Com o tema  “A Espiritualidade na Construção da Paz e em Defesa da Vida – Fraternidade e Combate a Violência”, a atividade recebe Armando Bispo (pastor e mestre em Teologia), Caio Quinderé (Pai Caio de  Omulu Sacerdote e escritor umbandista, dirigente do Templo de Umbanda Alakaiye), Carcius Azevedo (do Centro Espírito Beneficente União do Vegetal e da Associação Novo Encanto de Desenvolvimento Ecológico), Edmilson da Cruz (bispo emérito de Limoeiro do Norte), Gen Kelsang Zangmo (monja e professora qualificada da Nova Tradição Kadamp), Germana Moraes (juíza, co-criadora e Mama do Movimento Exoespiritual Nacion Pachamam) e Socorro Sousa (do Centro Espírita Cearense e Federação Espírita do Estado do Ceará).

 

Maranguape também recebe Um Canto de Paz

Em Maraguape, a programação do Um Canto de Paz é inteiramente gratuita, tendo início no dia 16/9, às 7h, com um Passeio Ciclístico e Trilha Ecológica, em que os participantes poderão conhecer os encantos da serra da região e aprender mais sobre o ecossistema e patrimônio local. A programação tem entrada franca e se concentra no Horto Professor Renato Braga (Av. Stênio Gomes, 795, Parque Iracema).

No mesmo dia, às 16h, acontece o Café com Gentileza, um novo momento para se pensar o tema gentileza nas relações humanas”, que será no Café com Arte (Rua Benedito Prata, 793B), reunindo como convidados o médico Marco Antônio Machado, a jornalista Marília Rabelo, a idealizadora do evento Dênia Carvalho, o poeta Reginaldo Figueiredo e o historiador Paulo Probo, tendo também a participação artística de Davi Duarte e Gláucia Lobo.

No dia 20/9, às 15h, a Roda de Conversa do Um Canto de Paz chega a Maranguape, no Auditório da EEEP Salaberga Torquato Gomes de Matos. Dessa vez, o tema será  “O Papel da Arte na Construção da Cultura de Paz”. Os convidados especiais são Adriano Adriano Teixeira (representante da Fundação Viva Maranguape de Turismo, Esporte e Cultura – FITEC), Luciano Bezerra (representante do Festival de Artes e Protagonismo da Rede Municipal), Carcius Azevedo (do Centro Espírito Beneficente União do Vegetal e da Associação Novo Encanto de Desenvolvimento Ecológico), Daniel Mamede (representante do Cuca Mondubim), Fabiano Piúba (secretário da Cultura do Estado do Ceará) e Tereza Tavares (Fundação Raimundo Fagner). A atividade será mediada pela jornalista e diretora da Via de Comunicação e Cultura, Maria Amélia Mamede.

Logo após, às 19h, acontece, no Tempo da Poesia (  Vila de Poetas – R. João Damasceno Ramos, 564 – Novo Maranguape II), um Sarau de poesia reunindo vários poetas locais.

O dia 21 de setembro, Dia Internacional da Paz, marcará o encerramento do Um Canto de Paz 2018, com a Feira da Paz e o grande show Um Canto de Paz, reunindo diversos artistas, assim como em Fortaleza. Com concentração na Praça Capistrano de Abreu, às 15h tem início a Feira da Paz, com os mesmos expositores e intervenções artísticas do Brincantes Cordão do Caruá, de Luiz Carlos Pedrosa, Rafael Vieira e grupo e Mawtam. Às 19h, acontece o show com os artistas e grupos:  Adelson Viana, Davi Duarte, Dênia Carvalho, Dona Zefinha, Lorena Nunes, Manassés, Marcus Caffé e Tailândia Montenegro.

 

 

Serviço: Um Canto de Paz

 

De 12 a 21 de setembro, em Fortaleza e Maranguape

 

Com shows, rodas de conversa, trilha ecológica, passeio ciclístico, sarau e outras apresentações artísticas

 

Facebook: /umcantodepazfortaleza

Instagram: @umcantodepaz

Programação completa: https://bit.ly/2PBioh0

No Comments

Post A Comment

− 6 = 3

css.php