OURO VERMELHO EM ALAGOAS

OURO VERMELHO EM ALAGOAS

A Novo Encanto está capacitando apicultores em Alagoas para o trabalho com a própolis vermelha, um extrato produzido a partir de uma resina retirada pelas abelhas de uma planta típica dos manguezais do Estado de Alagoas conhecida popularmente como rabo-de-bugio.

Chamada por muitos pesquisadores de “ouro vermelho”, pelo seu alto valor econômico (R$ 400 o quilo), a própolis vermelha tem ação antibacteriana, antifúngica, antiviral, anti-inflamatória e antioxidante, alto poder cicatrizante, além de contribuir no tratamento de pessoas com diabetes, hipertensão, câncer e HIV.

O trabalho de capacitação de apicultores é resultado de uma parceria que se iniciou em junho de 2016 com a União dos Produtores de Própolis Vermelha do Estado de Alagoas (Uniprópolis), quando foi assinado um termo de cooperação no município de Marechal Deodoro.

Na prática, com esse termo de cooperação, a Novo Encanto cede seu espaço físico como base para a Uniprópolis realizar ações de Projetos como o Petrobrás Jovem Aprendiz e o Pescadores de Mel. O acordo também prevê estruturar e operacionalizar uma fábrica de produção artesanal de colmeias e outros produtos, criando estruturas mínimas de produção nas comunidades dos manguezais e promovendo a geração de renda e a criação de oportunidades de novos negócios.

Com o apoio das empresas Braskem e Petrobras, atualmente esse projeto já beneficia 50 produtores em quatro municípios alagoanos. Hudson Cavalcante, coordenador regional da Novo Encanto em Alagoas,  explica que haverá renda para as famílias e desenvolvimento na região: “em uma de nossas palestras, vi pescador que mora em casa de taipa receber R$ 2.400 pela venda de própolis vermelha”.

A apicultura tem um custo operacional pequeno e seus subprodutos (como própolis, pólen apícola, mel e geleia real) são valorizados em um mercado crescente. “Além disso, lembra Hudson Cavalcante, trata-se de uma atividade de baixo impacto ambiental”.

Texto: Redação Novo Encanto

Foto:  Thiago Preto

No Comments

Post A Comment