Presidente de honra da Novo Encanto é homenageado em Benfica, no Pará

Presidente de honra da Novo Encanto é homenageado em Benfica, no Pará

  1. Iniciativa foi de sócios de um Núcleo da União do Vegetal

O Presidente de Honra da Novo Encanto, Raimundo Monteiro de Souza, um dos pioneiros a trabalhar ativamente na elaboração da Carta de Princípios, idealização e criação da Associação Novo Encanto no ano de 1990, recebeu uma  justa homenagem em Benfica, no Pará, no dia 09 de julho.

A iniciativa foi da monitoria da Novo Encanto no Núcleo Príncipe Ram, do Centro Espírita Beneficente União do Vegetal, do qual Raimundo Monteiro de Souza também é um dos líderes e fundadores e onde é conhecido como Mestre Monteiro.

Assim como nas unidades da União do Vegetal no Brasil e em outros 10 países, o Núcleo Príncipe Ram conta, por meio de um trabalho realizado em cooperação técnica, com uma monitoria da Novo Encanto, que promove ações de educação ambiental e uso racional dos recursos naturais, entre outras atividades.

A homenagem a Raimundo Monteiro de Souza coincidiu com o aniversário de 12 anos do Núcleo Príncipe Ram. A gratidão esteve estampada nas camisetas produzidas para a ocasião, que mostraram uma frase do próprio mestre Monteiro: “ecologia e espiritualidade nos aproximam da Natureza Divina”.

Os participantes (adultos e crianças) percorreram a trilha ecológica “Pau Brasil”, utilizada pela monitoria da Novo Encanto para ações de conscientização ecológica com a comunidade local. Antes do início do trabalho da monitoria da Novo Encanto, o terreno da trilha era usado como local de pastagem para o gado. Hoje, já viceja nele uma floresta em recuperação. Com o auxílio das crianças, uma muda de ipê foi plantada pelo mestre Monteiro para marcar a data.

“A natureza que Deus nos concede é exatamente para nós sabermos nos relacionar, para existir esse convívio. O que é ecologia? Ecologia é uma parte da biologia que estuda a relação entre os seres vivos e a natureza e o ambiente em que eles vivem e sua recíproca relação. Então, neste momento, o que vocês estão fazendo aqui é exatamente isso, porque nós somos seres vivos”, disse o mestre Monteiro.

A arte também se fez presente na homenagem. Com instrumentos  fabricados a partir de materiais que representam elementos da floresta como apitos de madeira, tambores, sementes e cascas de árvores, o músico Waldiney Machado apresentou uma parte do espetáculo “Cores, sons e sensações: o ciclo da água”.

As crianças do Núcleo Príncipe Ram também  escolheram a linguagem da arte para expressar o reconhecimento ao homenageado. Dançaram o Carimbó, bailado típico do Pará.

Foi um momento de grande alegria para todos os que participaram da homenagem, disse Sabrina Forte, Coordenadora Regional da Novo Encanto na 14ª Região. “Todo esse trabalho existe graças a essa fértil semente  plantada pelo mestre Monteiro com a Criação da Novo Encanto”, reconheceu Sabrina.

 

No Comments

Post A Comment