Homenagem da Novo Encanto ao seu presidente de honra

Homenagem da Novo Encanto ao seu presidente de honra

No final da década de 80, a situação do desmatamento na Amazônia já era preocupante, com grandes áreas de floresta sendo devastadas para a exploração de madeira e atividades agropecuárias.

A necessidade das nações em colocar na pauta políticas ambientais  já fazia parte da pauta da imprensa mundial. O Brasil se preparava para sediar a importante ECO 92, a Conferência Mundial sobre o Meio Ambiente.

Foi nesse contexto que a Associação Novo Encanto de Desenvolvimento Ecológico foi criada em 30 de janeiro de 1990 por um grupo de pessoas conscientes da importância da preservação da floresta nativa.

Entre eles, Raimundo Monteiro de Souza, amazonense de Humaitá, filho do casal cearense Lindolfo e Zulmira Monteiro de Souza, nosso presidente de honra, que completou no final de março, 85 anos.

Naquele final da década de 80, Luiz Maciel da Costa (in memoriam) e Luiz Gonzaga Alves Filho conseguiram encontrar uma área de floresta que pudesse ser preservada, o Seringal Novo Encanto, na região do médio Rio Purus, porção sul da bacia no estado do Amazonas, no município de Lábrea, um ponto crítico de expansão da fronteira agrícola, adquirido com o apoio de Jeffrey Bronfman.

Foi assim que nascer a Novo Encanto, que em seus 35 anos de existência se expandiu para outros biomas e hoje está presente em todo o território nacional.

Raimundo Monteiro de Souza é parte fundamental dessa história. Sua persistência e firmeza foram e continuam sendo decisivas para o progresso e consolidação da Associação Novo Encanto de Desenvolvimento Ecológico.

A diretoria da Novo Encanto, em nome de todos seus associados e colaboradores presta aqui nossas homenagens e reconhecimento por seu trabalho e dedicação ao nosso querido Presidente de Honra desta Associação Ecológica.

No Comments

Post A Comment

3 + 4 =

css.php