Projeto leva desenvolvimento econômico e sustentável para 80 famílias de baixa renda em Betim

Projeto leva desenvolvimento econômico e sustentável para 80 famílias de baixa renda em Betim

Por Adriana Jacob Carneiro

Oferecer capacitação profissional com o objetivo de contribuir com a geração de renda das famílias e transmitir conhecimentos sobre a gestão de resíduos e a preservação do meio ambiente são algumas das atividades desenvolvidas pelo Projeto COMunidade CONsciência.

Fruto de uma parceria entre a Associação Novo Encanto de Desenvolvimento Ecológico e a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), a iniciativa beneficia cerca de 250 moradores da Ocupação Primeiro de Maio (OPM), localizada em Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte.

O projeto, que começou a ser realizado no ano passado, ganhou novas ações em 2021.

Na primeira etapa, o principal objetivo foi orientar a população da OPM a adotar medidas básicas de prevenção e enfrentamento à COVID-19, além de oferecer ao grupo condições básicas de subsistência no contexto de distanciamento social. Já a segunda etapa tem como foco a atuação de longo prazo com a comunidade, através do estímulo à construção de um ambiente de apoio mútuo e do desenvolvimento socioeconômico e ambiental.

Segundo a Coordenadora Regional da Novo Encanto, Andréa Pereira Fróes, o projeto tem sido conduzido com amor e disposição e é fruto da União de todos os envolvidos no trabalho. “É um tesouro poder sentir a força do trabalho em união e a alegria das pessoas da comunidade. Quando chegamos lá eles dizem que estão felizes porque a família chegou! Sinto que os conceitos de dar e receber se dissolvem fazendo surgir a humanidade (uma unidade) em nós!”, afirma.

Grande parte das 80 famílias que vivem no local é composta por autônomos e trabalhadores informais. Devido ao cenário atual de isolamento social e instabilidade econômica, o desemprego é um dos principais problemas da comunidade. Para melhorar a condição financeira dos moradores, o projeto passou a oferecer capacitação em costura e bordado, além do gerenciamento e técnicas de venda desses produtos para 16 mulheres.

Outro grupo, composto por 18 moradores, recebeu orientação e ferramentas para o cultivo de uma horta comunitária e um jardim vertical dentro dos princípios da agricultura sintrópica, além de aprender sobre a comercialização do excedente desses alimentos.

Economia e sustentabilidade de mãos dadas

Há ainda oficinas, realizadas em parceria com outros trabalhadores da área da reciclagem de Betim, que buscam melhorar a gestão dos resíduos através da coleta seletiva e da compostagem. As atividades têm como objetivo capacitar os moradores a desenvolver negócios que sejam viáveis economicamente e, ao mesmo tempo, ambientalmente sustentáveis.

Uma equipe técnica multidisciplinar composta por 50 voluntários de áreas como serviço social, direito, medicina, enfermagem, biologia, engenharia, psicologia, comunicação, artes e música participa das ações. Dentre elas, estão as oficinas que são realizadas às sextas e sábados de forma presencial e em formato digital, através de vídeos e reuniões virtuais.

Todas as atividades presenciais adotam os critérios de distanciamento social e de limitação da quantidade de pessoas, com a disponibilização
de máscaras e álcool em gel. O trabalho também conta com tutores que acompanham o desenvolvimento individual de cada participante.

Entre os resultados esperados estão a produção local de alimentos para a Ocupação Primeiro de Maio e a possibilidade de as famílias terem uma fonte de renda extra. O Projeto COMunidade CONsciência também deve auxiliar a promoção da autonomia financeira para as mulheres, além de proporcionar maior contato com os saberes ancestrais relacionados à arte do corte, costura e bordado.

A iniciativa objetiva, ainda, contribuir com o resgate da autoestima dos participantes, fortalecer a sua proatividade e colaborar com a expansão de sua autonomia pessoal e profissional.

Jovens voluntários da Novo Encanto estão trabalhando no apoio em atividades recreativas com as crianças para que os pais possam participar das oficinas de formação.

Além disso, estão cuidando da comunicação digital do Projeto, através de entrevistas com os envolvidos e registro fotográfico das atividades. Acompanhe através do link: https://www.instagram.com/p/CMNZlEAlusC/?utm_source=ig_web_copy_link.

1Comment
  • Thiago Beraldo
    Posted at 19:22h, 15 março

    Parabéns pelo trabalho. Inspirador!

css.php