Casa da Novo Encanto recebe exposição em homenagem ao Centenário de Mestre Gabriel

Em 10 de fevereiro de 2022, data em que toda a União do Vegetal celebrou o Centenário do Mestre Gabriel, o Departamento de Memória e Comunicação – DMC do Núcleo Estrela da Manhã, município de Camaçari – Bahia, marcou sua homenagem com a realização da EXPOSIÇÃO CASA DE CABOCLO.

O ambiente foi organizado na Casa da Associação Novo Encanto de Desenvolvimento Ecológico da 4º Região, um ambiente todo desenvolvido em técnicas diversas de bioconstrução, tornando a proposta mais realista e possibilitando o aflorar do sentimento da vivência cabocla.

A exposição funcionou como um memorial vivo, no qual os visitantes tiveram a oportunidade de sentir-se mais próximos do Mestre Gabriel e de sua história, pois ao adentrar o ambiente tridimensional da casa, ornada com diversos estímulos sensoriais como fotos, objetos antigos, música, entre outros itens registrados pela história de vida do Mestre, os participantes de diversas faixas etárias, percebem de modo mais vívido a simplicidade e a beleza da maneira como o Mestre e sua família viviam e de como foi fundada a União do Vegetal.

Também ressaltamos o grande aprendizado através da conexão com o estudo da vida do Mestre e a interação com a Novo Encanto durante todo o momento de planejamento, organização e montagem da exposição, vivenciados pela equipe do DMC do Núcleo Estrela da Manhã. Uma interação que possibilitou a Exposição Casa de Caboclo se servindo da arte e da criatividade como ferramentas para cativar e incentivar o conhecer a vida e obra desse guia que nos encanta e tem muito a nos ensinar.

Para o monitor do DMC do Núcleo Estrela da Manhã, Etiene Valverde, a ideia foi possibilitar aos visitantes presentes nesta data, vivenciar a singeleza e simplicidade de um ambiente próximo ao vivenciado pelo Mestre Gabriel e sua família para a criação desta obra que é a União do Vegetal.

A casa da Novo Encanto 4º Região foi desenvolvida através da realização de curso prático de Bioconstrução em 3 módulos, com a participação de  comunidades tradicionais como quilombolas, indígenas, marisqueiras, pescadores, artesãos, trabalhadores rurais, entre outros, assim como monitores da Novo Encanto da região e do Departamento de Plantio e Meio Ambiente.

Hoje o ambiente da casa nos traz a possibilidade de observação de modelo de técnicas de construções através de tecnologias sociais naturais como o adobe, hiperadobe, coor-wood, taipa de pilão, fossa de evapotranspiração, telhado verde e tijolo ecológico, além de ter à disposição colmeias de abelhas uruçus, separadores de resíduos para coleta seletiva, composteira e horta demonstrativa.

Assista ao vídeo com o registro dos módulos do curso e todo o processo do trabalho em prol da qualificação dos nossos associados e das comunidades tradicionais circunvizinhas .

 

Texto: Adriana de Castro & Lilith Marques

Fotos: Marcelo Gandra e Lilith Marques

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.