Em Porto Velho, Novo Encanto participa do Encontro Regional da 1ª Região

Nos dias 2 e 3 de abril de 2022, em Porto Velho-RO, a Associação Novo Encanto de Desenvolvimento Ecológico realizou o I Encontro Regional da 1ª Região. Na programação teve Trilha ecológica no Parque Municipal, dinâmicas com equipe regional e coordenação nacional e palestras para associados.

A atividade foi organizada dentro de uma sequência de eventos, que teve início com a inauguração da réplica da casa do Mestre Gabriel (*), na sede da Associação José Gabriel da Costa e foi seguida pela II Jornada dos 9 Vegetais, no Seringal Novo Encanto, em Lábrea-AM, onde estiveram presentes o Mestre Geral Representante do Centro Espírita Beneficente União do Vegetal,  José Carlos Garcia, o presidente do Conselho Diretor da Associação Novo Encanto, Thiago Beraldo, além de outras autoridades do Centro e da Novo Encanto.

O encontro foi um momento bem especial para o fortalecimento dos trabalhos da Novo Encanto na Região, constituindo-se numa oportunidade para troca de experiências, consolidação de informações e acervo para desenvolvimento de atividades futuras, como oficinas, novas trilhas e encontros.

O evento destacou a necessidade de serem desenvolvidas atividades que tenham como característica principal promover a conexão e o encantamento pela natureza. Mostrando que o despertar espiritual é sentido quando somos tocados em nosso coração, que a partir desse sentido fortalecemos nosso amor pela natureza, na medida que “a gente só ama aquilo que conhece”.

“Foi um momento de alegria poder estar no encontro da 1ª Região da UDV na sede histórica Núcleo Mestre Gabriel com a presença do Mestre Geral Representante, Mestre Central, alguns mestres representantes e outras autoridades, além dos monitores e equipes de quase todos os núcleos da região. Foram bons momentos de interação e aprendizado”, disse o presidente da Novo Encanto, Thiago Beraldo.

Acordo de Cooperação

Por ter sido criada na Floresta Amazônica e ter na base de seu ritual o uso do Chá Hoasca, preparado a partir de duas plantas nativas da região (Mariri e Chacrona), a União do Vegetal nasceu com a vocação de respeito, zelo e preservação do meio ambiente.

A partir dessa realidade, sócios da União do Vegetal fundaram, em 1990, uma organização não governamental para implementar suas ações ambientais: a Associação Novo Encanto de Desenvolvimento Ecológico que, em 2010, transformou-se em Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP), apta a realizar projetos de preservação e desenvolvimento sustentável.

Em 2011, a Novo Encanto formalizou um termo de cooperação técnica com a Centro Espírita Beneficente União do Vegetal que prevê a soma de esforços em objetivos comuns. Entre eles,  preservação e plantio do Mariri e Chacrona; capacitação de plantadores dessas plantas; educação ambiental; desenvolvimento de técnicas de permacultura, agrofloresta, agricultura orgânica e bioconstrução; e preservação de nascentes. A elaboração de projetos de manejo florestal e recuperação de áreas degradadas fazem parte do acordo.

(*) José Gabriel da Costa, criador da União do Vegetal.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.